Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Destaque que vincula veto de fundo eleitoral a reajuste de agentes de saúde causa polêmica; acompanhe

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Plenário durante Sessão do Congresso Nacional A líder do Psol, deputada Talíria Petrone (RJ), denunciou uma ...

17/12/2021 12h40
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Plenário durante Sessão do Congresso Nacional - (Foto: Marina Ramos/Câmara dos Deputados)
Plenário durante Sessão do Congresso Nacional - (Foto: Marina Ramos/Câmara dos Deputados)

A líder do Psol, deputada Talíria Petrone (RJ), denunciou uma manobra para votar em globo os vetos aos R$ 5,7 bilhões previstos para o fundo de financiamento de campanhas eleitorais e ao reajuste para agentes comunitários de saúde e de combate às endemias. Os dois pontos vetados da LDO foram incluídos em apenas um destaque que, após discussão, acabou retirado pelo Solidariedade.

Esses temas estão em votação pelos deputados em sessão do Congresso Nacional neste momento.

“Estão nos obrigando a fazer uma votação que junta esses dois pontos, utilizando a luta dos trabalhadores para não colocar a digital nesse debate legítimo do financiamento eleitoral”, disse.

O deputado Lucas Vergílio (Solidariedade-GO) confirmou a retirada do destaque. “Não tínhamos intuito de polemizar”, disse. O veto ao reajuste dos agente comunitários será votado em globo como foi acordado com os líderes.

O 1º vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos (PL-AM) defendeu que os deputados discutam o fundo eleitoral em votação separada. “Nós fizemos uma opção no País de vedar o financiamento privado e, nessa decisão, só há um caminho, que é o financiamento público e nós precisamos decidir se vamos reafirmar essa decisão”, disse.

O deputado José Guimarães (PT-CE) destacou que o destaque que une os dois pontos é regimental, ponto também reafirmado por Marcelo Ramos. “Tudo indica que o Solidariedade vai retirar o destaque, então não vamos esticar uma polêmica que após a retirada do destaque não existirá”, disse.

Mais informações em instantes
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias