Justiça Tocantins

Governo do Tocantins forma monitorados em curso profissionalizante de pedreiro

Curso foi ofertado por meio do Pronatec/Novos Caminhos, fruto da parceria entre Seciju e Seduc

02/02/2022 15h50
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
Durante a formatura, foi ressaltada a importância da busca por novas oportunidades - Foto: Vitória Soares/Governo do Tocantins
Durante a formatura, foi ressaltada a importância da busca por novas oportunidades - Foto: Vitória Soares/Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) trabalha para garantir a assistência educacional e profissionalizante no âmbito do Sistema Penal. Em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), a Seciju realizou nesta quarta-feira, 2, a formatura de 14 monitorados com tornozeleira eletrônica pela Central de Monitoramento Eletrônico de Pessoas da Seciju, no curso de pedreiro de alvenaria. A cerimônia ocorreu no auditório do Memorial Coluna Prestes, em Palmas, e contou com a presença de representantes de ambas as secretarias.

Durante a cerimônia, o gerente da Central de Monitoramento Eletrônico de Pessoas, Cleber Solano, ressaltou a importância de os formandos irem além do diploma e buscarem novas oportunidades. “Antes de qualquer fala, o mais importante é praticar. Não adianta sair com o diploma e não buscar o mercado de trabalho, ir buscar aquela segunda chance. Vocês vão levar muitos nãos, mas a persistência é o caminho e cada um sabe aonde quer ir e pode chegar”, afirmou.

Para a superintendente de Educação Científica, Tecnológica e Profissional da Seduc, Cristiane Pina, a formatura representa um momento de recomeço para os monitorados. “Esse é um fechamento de um ciclo bem cumprido. É um momento de recomeçar. Recomecem a contar a história de vocês e recomecem com a construção da base e que essa seja a base de vocês”, ressaltou.

Curso

Fruto de uma parceria entre a Seciju e a Seduc, o curso foi ofertado na modalidade presencial, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Novos Caminhos, e contou com certificação de 200 horas/aula. Entre as principais informações passadas durante a formação inicial e continuada estão instruções sobre como executar um projeto de construção; além de disciplinas sobre qualidade; segurança e meio ambiente; ergonomia; leitura e interpretação de projeto; sistemas de construção e controle tecnológico de concreto para uso em pavimentos intertravados e peças pré-moldadas de concreto.

A qualificação foi voltada para pessoas com escolaridade mínima e que se encontram em situação de vulnerabilidade social, fora do mercado de trabalho e monitoradas, como A.A.S, de 27 anos, que relata que essa formação representa a abertura de novas oportunidades na sua vida. “Esse curso representa uma mudança, uma barreira que consegui quebrar. Antes, eu não sabia o que era um curso, não sabia o que era ter uma profissão digna, mas agora tenho essa oportunidade e isso vai fazer com que eu ganhe meu dinheiro dignamente”, contou o formando.

(Colaboração: Márcia Rosa/Governo do Tocantins)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias