Justiça Tocantins

Seciju e Defensoria Pública iniciam projeto literário “Livrarte” para adolescentes do Sistema Socioeducativo

Projeto de incentivo à produção literária “Livrarte": Poesia como Forma Livre de Pensar" tem início no Centro de Atendimento Socioeducativo em Palmas; também será realizado nos Centros de Internação Provisória Masculino de Palmas e de Gurupi

15/03/2022 14h30
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
A expectativa é que o Projeto atenda aproximadamente 50 adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa - Foto: Foto: Louise Maria/ Governo do Tocantins
A expectativa é que o Projeto atenda aproximadamente 50 adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa - Foto: Foto: Louise Maria/ Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), em parceria com a Defensoria Pública do Tocantins (DPE-TO), implantou nesta segunda-feira, 14, o projeto "Livrarte: Poesia como Forma Livre de Pensar", no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Palmas para adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa.

A ação, promovida pelo Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes (Nudeca), em conjunto com a Escola Superior da Defensoria Pública (Esdep) do DPE-TO, visa promover a leitura e a escrita de poemas entre os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa do Case e dos Centros de Internação Provisória Masculino de Palmas e de Gurupi.

O chefe do Case, Júnio Vieira, pontuou que é necessário desenvolver a imaginação dos adolescentes. “Esse projeto nasceu com a intenção de descobrir novos talentos na escrita de poemas nas unidades socioeducativas, uma vez que os jovens são cheios de novas ideias, e este é o momento de expor o trabalho deles. Vale ressaltar ainda que as melhores serão postadas em um e-book, e as três primeiras colocadas irão ganhar uma premiação oferecida pela DPE-TO. Este projeto vem somar com os outros que já temos na unidade para oferecer novas oportunidades aos adolescentes que estão aqui”, explicou.

Oficinas

Durante as oficinas com quatro horas de duração, serão abordados conteúdos com abordagens dos temas “Breve exposição sobre a Poesia e a sua importância como gênero textual”; “Leitura Interpretativa de Poemas”; “Exercício com música e poesia”; e “Expressão e construção do poema”.

A expectativa é que o Projeto atenda aproximadamente 50 adolescentes do Case e dos Centros de Internação Provisória Masculino de Palmas (Ceip Central) e de Gurupi (Ceip Sul). As poesias feitas pelos socioeducandos, com acompanhamento dos agentes das unidades socioeducativas, em conjunto com servidores da DPE irão compor um e-book digital.

Defensoria

Presente no evento, a coordenadora do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes (Nudeca) e defensora pública, Larissa Pultrini, afirmou esperar que “eles recebam o projeto de coração aberto e criem sementes para positivamente mudar, pensar em um projeto de vida que os leve a sair daqui em uma nova versão, enxergando novas perspectivas”, afirmou Larissa Pultrini.

Já a diretora-geral da Escola Superior da Defensoria Pública (Esdep) e defensora pública, Téssia Gomes Carneiro, explicou que a parceria com a Secijirá oferecer também atividades pedagógicas aos adolescentes. "As atividades de ressocialização possibilitam neutralizar os efeitos nocivos ligados ao fluxo de responsabilização do adolescente pela prática infracional e a educação é um dos caminhos", disse.

Cronograma

O Projeto, iniciado nesta segunda-feira, abrangerá também outras unidades socioeducativas do Tocantins, como os Centros de Internação Provisória Masculinos de Palmas e de Gurupi. Confira a programação de oficinas do projeto:

· Dia 16/03 – Ceip Palmas

· Dia 22/03 – Ceip Sul Gurupi

Seciju e Defensoria Pública iniciam projeto literário “Livrarte” para adolescentes do Sistema Socioeducativo
O objetivo do projeto é incentivar o hábito da leitura para os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em Palmas e Gurupi - Foto: Louise Maria/ Governo do Tocantins
Seciju e Defensoria Pública iniciam projeto literário “Livrarte” para adolescentes do Sistema Socioeducativo
O Case de Palmas foi a primeira unidade socioeducativa contemplada com o projeto - Foto: Louise Maria/ Governo do Estado do Tocantins
Seciju e Defensoria Pública iniciam projeto literário “Livrarte” para adolescentes do Sistema Socioeducativo
Os Centros de Internação Provisória Masculino de Palmas e de Gurupi também farão parte do projeto - Foto: Louise Maria/ Governo do Tocantins
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias