Justiça Paraná

Estado e co.liga vão qualificar jovens com cursos de economia criativa

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho e da Secretaria da Educação e do Esporte, aderiu nesta terça-feira (15) ...

15/03/2022 15h20
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: SEJUF
Foto: SEJUF

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho e da Secretaria da Educação e do Esporte, aderiu nesta terça-feira (15) ao programa co.liga digital, da escola co.liga, idealizada pela Fundação Roberto Marinho e a Organização dos Estados Íberoamericanos (OEI). O objetivo é ofertar cursos de curta duração no campo da economia criativa para jovens com mais de 18 anos que estão em situação de vulnerabilidade social e econômica e capacitá-los para o mercado de trabalho.

“Firmamos uma parceria muito promissora entre a Fundação Roberto Marinho, a Organização dos Estados Íbero-Americanos e o Conselho Nacional da Juventude para implantarmos em nosso Estado o co.liga digital. O Governo do Paraná está empenhado em oferecer oportunidades para democratizar o acesso dos jovens ao mercado de trabalho”, disse o secretário Ney Leprevost, de Justiça, Família e Trabalho.

O coordenador nacional do co.liga digital, João Alegria, que também é secretário-geral da Fundação Roberto Marinho, explicou o projeto político-pedagógico da iniciativa. “O conteúdo que produzimos para orientar os jovens tem sempre a preocupação da diversidade e da inclusão. Também estamos focando nas profissões do futuro”, explicou.

Para que o programa alcance os jovens em situação de vulnerabilidade social e econômica do Paraná, serão utilizados os 26 Centros de Juventude, os 24 escritórios regionais da Sejuf, a rede de 2 mil escolas estaduais e o Conselho Estadual da Juventude para divulgação. As inscrições são gratuitas, já estão abertas e podem ser feitas por jovens com mais de 18 anos através do site https://coliga.digital .

O co.liga digital oferece 36 cursos gratuitos, autoinstrucionais e de curta duração segmentados em cinco áreas da economia criativa: Patrimônio, Música, Multimídia, Design e Artes Visuais. Esses conteúdos dialogam com temas transversais, como empreendedorismo, línguas, cidadania e elaboração de projetos culturais.

CO.LIGA – A co.liga é uma escola livre, que busca promover a inclusão, no campo da Economia Criativa, das juventudes brasileiras em situação de vulnerabilidade econômica e social. A instituição também publica editais que facilitam o acesso de jovens a financiamentos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias