Senado Federal Senado Federal

Sessão especial comemora 30 anos de associação dos promotores de eventos

O Senado vai comemorar os 30 anos da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape) em sessão especial nesta segunda-feira (2), às 17h. A...

29/04/2022 11h25
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Encontro de tecnologia em Brasília em 2019, antes da pandemia: profissionais de eventos enfrentaram desafios na crise sanitária - Vinícius de Melo/Agência Brasília
Encontro de tecnologia em Brasília em 2019, antes da pandemia: profissionais de eventos enfrentaram desafios na crise sanitária - Vinícius de Melo/Agência Brasília

O Senado vai comemorar os 30 anos da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape) em sessão especial nesta segunda-feira (2), às 17h. A Abrape foi fundada em 1992, em Brasília, para representar as empresas produtoras e promotoras de eventos culturais e de entretenimento e é a única entidade do segmento que atua em todos os estados.

A senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB) é a autora do requerimento (RQS 280/2022) para promoção da sessão. Também assinaram o pedido os senadores Carlos Portinho (PL-RJ), Esperidião Amin (PP-SC), Luis Carlos Heinze (PP-RS), Nelsinho Trad (PSD-MS), Roberto Rocha (PTB-MA) e Mailza Gomes (PP-AC).

Daniella justifica que o setor de produção de eventos é um dos principais geradores de emprego no país. Além disso, ela destaca que, mesmo durante a pandemia, as empresas fizeram esforços para manter os funcionários.

“Considerando todos os efeitos da pandemia da covid-19 e a permanência firme dos produtores de eventos, mantendo os empregos mesmo sem possibilidade de trabalhar, entendemos que a demonstração de reconhecimento desta Casa aos produtores de eventos na comemoração de sua associação é mais que justa”, defende.

A senadora também lembra que a entidade foi fundamental para a mobilização do Legislativo em favor do setor durante a pandemia.

“Há que se destacar, ainda, a grande mobilização do setor na aprovação da Lei 14.148/2021, que instituiu o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) e que buscou mitigar os danos que a pandemia impôs aos profissionais do setor e a suas famílias, proporcionando-lhes ferramentas para a retomada de seus negócios e ajudando a retomada da economia do país”, explica a senadora.

Por Mateus Souza, sob supervisão de Sheyla Assunção

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias