Senado Federal Senado Federal

Jean Paul Prates acusa Bolsonaro de enganar caminhoneiros quando critica lucro da Petrobras

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) alertou os caminhoneiros, especialmente Wallace Landim, conhecido por Chorão, e representantes de diversos setor...

10/05/2022 20h20
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Jefferson Rudy/Agência Senado
Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) alertou os caminhoneiros, especialmente Wallace Landim, conhecido por Chorão, e representantes de diversos setores produtivos que o presidente Jair Bolsonaro está enganando a população brasileira quando critica a Petrobras pelos lucros obtidos. 

Em pronunciamento nesta terça-feira (10), ele disse que esse discurso falso contra a empresa na verdade revela que o presidente não sabe e não quer fazer nada para resolver o problema do preço dos combustíveis no país.

Nesse sentido, no lugar de pedir para os caminhoneiros pressionarem a estatal, o presidente deveria estimular a categoria a exigir que a Câmara dos Deputados vote o PL 1.472/2021, que dispõe sobre diretrizes dos preços dos combustíveis derivados de petróleo e GLP, inclusive o derivado de gás natural, e cria a Conta de Estabilização de Preços de Combustíveis.

Segundo o senador, esse projeto 'pelo menos' pode devolver aos brasileiros, e não integralmente aos acionistas, parte dos lucros da Petrobras com o aumento do preço de petróleo e com o valor cobrado pelos derivados importados.

— Onde estará a capacidade de reinvestimento? Essa história de dar o lucro da Petrobras seria para reinvestir em refinarias, talvez, em transição energética. Mas sobrou sabe quanto do lucro da Petrobras? Zero. Porque eles pegaram o resto do ano passado que não redistribuíram, que eram R$ 6 bilhões, dos R$ 107 bilhões, distribuíram R$ 101 bilhões, e os R$ 6 bilhões somaram agora e distribuíram também. Ou seja, esses acionistas estão levando o lucro todo, incluindo a União, que deveria estar contribuindo para baixar o preço do combustível — disse.

O senador Jean Paul Prates ainda citou reportagem do Jornal O Estado de São Paulo que denuncia que a Câmara dos Deputados irá inserir um 'jabuti' no PL 414/2021 (PL 232/2016 no Senado), que trata do modelo regulatório do setor elétrico, para garantir que a União construa gasodutos para possibilitar que empresas privadas explorem o serviço de transporte de gás em regiões onde ainda não há esse tipo de estrutura.

— Enquanto isso nós vendemos toda a malha de gás da Petrobras e ela está sendo operada por empresas privada. Nada contra quem comprou. Quem comprou tem o mérito de ter aproveitado uma oportunidade. Tenho contra quem vendeu. Não temos mais um quilômetro de gasoduto da Petrobras no Brasil, mas vamos construir mais gasodutos para outras pessoas. Isso não faz o menor sentido — lamentou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias